Ampola Hidratação Reparadora - Natura Plant



Faz algum tempo que chegaram alguns produtos da nova linha de Hidratação Reparadora, da Natura, aqui em casa. Andei testando eles e, hoje, vamos falar sobre as ampolas capilares intensivas.




Essa caixinha vem com quatro ampolas de 20ml cada, por R$32,80 (preço sugerido). Achei a quantidade suficiente até para mais de uma aplicação. No meu cabelo, que agora esta um pouco abaixo do ombro, eu costumo usar essa ampolinha duas vezes.

Justamente por poder usar mais de uma vez, minha maior crítica é sobre a embalagem. Esse negocinho para quebrar é muito ruim!!! Às vezes (comigo, a maioria das vezes, na verdade....acho que o problema sou eu) ele acaba quebrando e eu tenho que usar uma tesoura para corta-lo e usar o produto. Acho que deveria ser uma tampinha de rosca, muito melhor para abrir, dosar a quantidade de produto usado e fechar, caso ainda tenha creme.




Agora, falando sobre o produto em si, achei ele maravilhoso!!! O cheiro é muito delicinha e ele cumpre o que promete!

Segundo a marca, o exclusivo bioaminoácido de quinoa penetra no interior da fibra capilar, reparando a estrutura interna dos fios.

O que eu senti é que, realmente, desde a primeira aplicação, o cabelo fica soltinho, hidratado, super maleável e brilhoso. Como eu disse antes, usei só metade da ampola, deixei agir por um minuto, enxaguei e, já nessa hora, notei que o cabelo estava hidratado.

A ampola possui dez benefícios que são:

  • Nutrição profunda
  • Redução dos danos
  • Proteção térmica
  • Fortifica os fios
  • Repara pontas duplas
  • Sela as cutículas
  • Recupera os componentes dos cabelos
  • Brilho
  • Antifrizz
  • Facilita o pentear
Ainda não deu para notar se ela cumpre os dez benefícios mas, ao menos metade, eu já pude comprovar: facilidade no pentear, antifrizz, brilho, redução dos danos e nutrição profunda. E olhe que, esses dias, pintei e fiz mechas nos cabelos, duas coisas que acabam com os fios, e a ampola deu conta de manter o meu cabelo sem maiores sofrimentos.


Beijos


Por Aline Ramos em 29.6.16

Compartilhar

Comentar via Facebook


Comentar via Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário