Sobre o cruzeiro...


Viagens


Poise..eu queria ter escrito esse post antes...e de uma maneira diferente...mas, com o notebook quebrado ficou meio complicado...então decidi mudar um pouco o foco..escrever dicas gerais de coisas que eu tinha muita dúvida e não encontrei respostas na internet...

1) O navio balança..não se iludam...mas você não sente tanto assim..na maior parte do tempo eu só sabia que estava balançando porque via a água da piscina...ou quando estava nos andares mais baixos...minha cabine, por sinal, era baixa..sentia tooooda a movimentação...mas acabei acostumando e o sacolejo ate me ninava!

2) Você não vai, necessariamente, enjoar...eu só enjoei no primeiro dia..o namorado não enjoou dia nenhum..mas vi gente passando mal todos os dias..então recomendo tomar remédio de enjoo..o mais comum é dramin, mas me dá muito sono..por isso, recomendo plasil ou plamed.

3) Vá aberta para conhecer pessoas e se divertir muito!! Encontrei muitas familias, idosos, casais, grupos de amigos...bem democrático!!

4) Todo dia o navio tem atividades e festas diferentes...só dá mesmo pra saber o que vai rolar no dia que eles entregam o diário de bordo. Mas uma é certa: vai rolar a noite do comandante. Sem muito estresse...vi desde gente de longo até gente sem roupa de festa porque não tinha sido avisada....fui com um vestido arrumando, no joelho e me senti muito bem. Nessa temporada também está rolando uma festa tropical. Mas do que isso, será uma incógnita.

5) Você vai engordar! Relaxe...você está de férias e a comida do navio é bem boa!! Se entregue aos prazeres de comer e beber bem, sem culpa! Quando voltar pra casa, você recomeça a dieta!!!

6) Falando em beber...pode enfiar o pé na jaca...os drinks são ótimos..os vinhos também..e ainda tem aquela skol sempre gelada!! Só não vai querer se jogar no mar, hein?? Se bem que, verdade seja dita, fui bem mais regrada do que imaginei...não tava descendo muito bem...

7) Todo mundo no navio é super simpático! As pessoas parecem estar sempre felizes em trabalhar ali!! O clima é super legal e, parando pra conversar com a galera, você vai ver que eles amam mesmo estar ali e contar o que já viveram!!

8) O all included é só para comidas e bebidas. Cassino, free shop, cabelereiro, tudo é pago e a moeda corrente do navio é o dólar. Mas ninguém receberá diretamente o seu dinheiro. Ainda antes de embarcar, você receberá um cartão de identificação. Nele, você cadastrará um cartão de crédito internacional ou fará uma recarga de uma certa quantia em dólar. Essa opção de pagamento não poderá ser modificada durante o cruzeiro...nem o cartão de crédito poderá ser trocado. Se optar por dinheiro, poderá recarregar o seu cartão com dólares sempre que quiser...se optar por cartão, o seu limite de crédito é o limite!! hahhahahahaha. Compras no crédito serão parceladas em 5x e não terão cobrança de IOF.

9) Falando em compras, não espere uma maravilha de free shop..é pequeno, sem muitissimas opções (salvo a parte de perfume, que é bem farta) e com preços mais caros do que free shops de aeroportos mas mais baratos do que se você for comprar em lojas aqui no Brasil..Ou seja, vale a pena comprar se você não tiver nenhuma viagem internacional marcada e sua opção for lojas brasileiras...lembrando que, no navio, não tem iof...então, algumas coisas valem a pena. Na parte de maquiagem, basicamente só tinha L´oreal, algumas poucas coisas da Clinique e, o mais legal, váaaaaarias coisas da Smashbox..mas com precinhos não tão convidativos, além de coisas da Body Shop. A dica aqui é a seguinte: perto do fim do cruzeiro, eles começam a fazer umas promoções..comprei uma paleta lindissima (mostro em breve) da Smashbox, de 100 dólares por 77!!

10) Continuando na seara dos gastos...Noronha é cara. Vá se acostumando com a ideia e separando seus trocados pra gastar por lá. Os passeios podem ser comprados no próprio navio e são em dólar. É claro que sempre existe a possibilidade de você fechar direto lá na ilha...mas se liguem nesse detalhe: o Ocean Dream tem capacidade para 1300 pessoas mas apenas 700 tem autorização para desembarcar, ao mesmo tempo, do navio...350 em terra e 350 em mar. Ou seja...se você já tiver comprado passeios, é mais fácil de descer...se não, vai ter que pegar uma ficha e esperar a galera ir voltando....não é o fim do mundo..conheço várias pessoas que pegaram a ficha, desceram por conta própria e fecharam seus passeios direto com o pessoal de Noronha. Meu aviso aqui é só pra você se ligar em horários de descer e voltar, pra não ter problema. Posso garantir que, por exemplo, o passeio terrestre é mais barato se você fechar sem intermédio do navio mas, se a ideia é ir ao Projeto Navi, melhor não arriscar...são poucas vagas e a maioria fica com a galera do navio mesmo..além do mais, os preços são similares.

11) Por fim, você vai se sentir mais tonta quando descer do navio do que lá dentro. Isso porque nosso labirinto, responsável pelo equilíbrio, é afetado no navio..ai, quando você coloca os pés na terra, continua com o equilíbrio do navio...fica altamente mareada!! hahahhahaha...a sensação é muito ruim mas o passeio vale a pena!!!

Espero que tenha tirado algumas dúvidas...e, qualquer coisa, podem perguntar ai nos comments!! Mas gente, por favor, se vocês não comentarem logados, deixem um email de contato...algumas pessoas me fazem perguntas mas não comentam logadas nem deixam email de contato...ai eu respondo nos comments mesmo...mas é ruim de saber se a pessoa viu ou não!!

Ps: queria ter colocado mais fotos...mas o notebook deu defeito de novo (ótimo conserto fizeram...) e minhas fotos ficaram todas lá...

Beijos
Leia Mais...

Diário de Bordo - Buenos Aires - 10 dicas básicas


Viagens

Primeiro eu queria pedir desculpas...a ideia era fazer esse post junto com o das compras...mas quando eu fui tirar as fotos, adivinha: a bateria da câmera estava descarregada...=/

Sendo assim, vou fazer esse post com as diquinhas e, assim que der, eu posto as compras ok??

1) Buenos Aires tem muitos táxis...você não terá problemas em arrumar um...mas, para não ter problemas com taxistas safados (sim, eles existem e não são poucos) procure pegar somente táxis cadastrados na rádio táxi. Eles terão uma pintura na porta traseira com a companhia de táxi em que são cadastrados...geralmente eles também tem um mini luminoso no teto. Pelo menos nesses táxis você sabe o nome do motorista e onde reclamar se rolar algum problema.

2) A voltagem de lá também é 220v...mas as entradas das tomadas são diferentes, mais tortinhas. Por isso, compre um adaptador assim que encontrar. Eles são vendidos em casas de ferragens, de material elétrico e até no meio da rua. Encontrei uns na feirinha de San Telmo. Assim você não corre o risco de ficar sem bateria o resto da viagem.

3) Comprar água na rua é muito caro. Chegamos a pagar, no primeiro dia, R$ 4,50 por uma garrafa de 500ml. Depois disso, passamos a frequentar o Carrefour que tinha na esquina do nosso hotel. Uma garrafa de 2l lá custava R$ 1,20 gente. Alias, prestem atenção à água que vocês estão comprando. Algumas são mineralizadas artificialmente...isso faz com que o gosto fique meio esquisito sabe? melhor catar as naturalmente minerais...custam o mesmo preço.

4) Falando em supermercado, recomendo que vocês visitem um por lá...sei que não é lá um grande ponto turístico mas dá para comprar água, coca e umas batatinhas para enrolar a fome por um preço camarada! Ainda dá para comprar uns vinhos super legais por preços muito mais em conta do que nas lojas especializadas (claro que nessas lojas tem uns vinhos mais refinados...). E, por fim, se você for lisa que nem eu, dá para comprar umas coisas que também vendem aqui pela metade do preço. O namorado comprou Rexona por R$ 5,00 e eu comprei uns cheirinhos que colocam na sala pelo mesmo preço (aqui no Brasil eles custam R$ 12,00).

5) Todo mundo gosta de trazer alfajor para distribuir com o pessoal. Se for pouca gente, vai de Havana mesmo...agora, se for muita gente, como era o meu caso, sugiro que você compre as caixas de Jorgito. Eles custam a metade do preço dos Havana ( 12 pesos contra 25 pesos) e são bem gostosos! Claro, a apresentação do Havana é mais bonita e os alfajores são mais delicados mas, de gosto, são bem iguais. Ninguém que ganhou Jorgito reclamou! Comprei os meus no Carrefour.

6) Ande de metro. Eu sei que táxi é barato, mas não tanto assim...Se você for para todo canto de táxi, vai acabar gastando um dinheiro que poderia ser convertido em algo mais legal...a viagem de metro custa 50 centavos e é bem mais rápida. Não são tão bonitos e bem cuidados como os europeus mas não arranca braço. Deixe para andar de táxi à noite!!!

7) Não é porque você está de férias que deve descuidar da segurança. Não deixe seus pertences todos largados no quarto de hotel. A gente tem mania de achar que o quarto é nossa casa e deixar tudo jogado...mas você não sabe quem são as pessoas que estão entrando no quarto e tal..tive um casal de amigos que teve a mala arrombada dentro do quarto de hotel. Portanto, fica a dica: as coisas com maior valor, como notebook, dinheiro, coisas que você comprou no free shop, tranque no cofre; as outras, tranque na mala.

8) Alias, deixe seu notebook em casa...você está de férias, vai ficar no note porque??? se a sua resposta for "para me comunicar com o povo aqui no Brasil", fica a dica: no próprio aeroporto tem uma loja, perto do quiosque do táxi Ezeiza que vende cartão telefônico. Compramos o de 25 pesos e tinhamos direito à 60 minutos de ligação para o Brasil. Eu ligava todo dia para a minha mãe, meu namorado ligava todo dia para a minha sogra, passávamos uns bons 5, 10 minutos falando com cada uma, durante os seis dias que passamos lá e adivinha? sobraram minutos para trazer de recordação...muito melhor do que ficar pendurada na internet mandando email..e você ainda fica com uma coisa a menos pra se preocupar!

9) Quando for arrumar a mala, leve sempre looks pré determinados. Isso facilita muito a vida na hora de se arrumar..e ainda poupa tempo, já que você não vai perder horas pensando se aquela blusa fica boa com aquele short. Também tente levar acessórios que combinem com vários looks da mala..se você for levar um sapato para cada look, fica complicado. E lembre-se de levar sapatos confortáveis, principalmente os que você va usar durante o dia...Buenos Aires é uma cidade que faz você andar muuuuuuuito! Comprei um all star desse mais molinho (porque os tradicionais acabam com meu calcanhar) e não me arrependi. Além dele, levei uma sapatilha, uma sandália preta e um sapato rosa ( por mim nem tinha levado a sandália preta...mas meu vestido de renda só fica boa com ela...)

10) Leia muito!! A internet tá ai pra facilitar a nossa vida! Antes de viajar eu comprei um guia sobre Buenos Aires, da Publifolha, que eu recomendo demais!! Ele é todo dividido por bairros e cada bairro tem um mapa com as respectivas atrações turísticas do local, restaurantes, bares! muito útil. Também li muitos sites, blogs...fora que, como já disse aqui, algumas coisas você consegue comprar pela internet, como o senor tango, hotel, city tour...vale bem a pena se preparar antes!!

Beijosss
Leia Mais...

Diário de Bordo - Buenos Aires - Quarta Feira


Viagens

Quarta foi o nosso último dia inteiro em Buenos Aires. Por isso, decidimos ir para o Delta do Tigre. A idéia era ir ao parque de diversões Parque de la Costa.

O Delta do Tigre é um conjunto de canais, ilhas e braços de rio na foz do rio Paraná que deságua no Rio de Prata. Tigre é o nome da cidade situada no delta, a qual faz parte da grande Buenos Aires.

Existem inúmeras maneiras de se chegar ao Delta do Tigre..mas fica a minha dica: não fechem pacotes com agências ou coisas do tipo...você vai acabar pagando muito caro por um negócio que não é tão caro assim...e é super fácil de chegar lá por conta própria!!

Fomos através do Trem de La Costa, uma das maneiras mais legais de se chegar ao Delta!! O Trem da Costa sai da estação Maipu. Para chegar na estação Maipu ou você pega logo um táxi para lá, ou pega o metrô até a estação retiro e, de lá, pega o trem até a estação Bartolomeu Mitre. A estação Maipu fica do outro lado! Parece um trajeto longo mas foi bem rapidinho..=)




Existem nove paradas entre a Estação de Maipu e o Delta do Tigre, todas com opções de compras e comida. É possivel descer em qualquer uma delas e passar o tempo que quiser. Depois, é só pegar o próximo Trem, sem custo adicional!

A estação mais conhecida é a de San Isidro. Também é a que tem a área de alimentação mais legal!!!




É super bonitinho por lá! e Ainda tem uma Freddo, pra aguentar o calor!!!

No Delta você tem algumas opções do que fazer...lá tem o parque que queriamos conhecer, um cassino, para quem quiser dar uma apostadinha e vários passeios de catamarã ou táxi aquático, que te dão uma visão geral do local.

Infelizmente, não conseguimos entrar no parque...




Depois de uma hora na fila, debaixo desse sol escaldante, deixamos o parque para lá...como também não estávamos a fim de fazer o passeio de catamarã, decidimos dar uma volta pela cidade. E isso é o bom do Delta, dá para conhecer a cidadezinha toda a pé também...e ela é bem bonitinha!




Depois de muito andar, fomos almoçar num restaurantezinho do outro lado da estação chamado La Isla. Decidimos comer lá e, por sorte, ele é bem bonzinho e com preço bom!! Comemos uns sanduiches mas a cara do filé a parmegiana estava ótima!! Também foi o único restaurante que encontramos a cerveja Duff ( a do Homer simpsons) no cardápio..pena que foi só no cardápio...a garçonete disse que tinha acabado..=/

Depois do almoço, decidimos voltar para Buenos Aires para dar a última volta pelo comércio.




O comércio em si, nem foi muito proveitoso. Mas aproveitamos para ir a livraria El Ateneo e tenho dito: vale muitissimo a visita!!!






Ela é gigante!!! Nessa foto, vocês só estão vendo metade dos andares dela!! Se você não gosta de livros ou vai usar a desculpa de que não lê em espanhol, pode se jogar na sessão de cds e dvds. O preço é bem mais em conta do que aqui no Brasil. Comprei um dvd de Michael Buble que custa R$ 69,00 aqui por R$ 20,00 lá!!

À noite, fomos jantar mais uma vez no Puerto Madero. A escolha foi o restaurante El Potrillo, para se despedir da carne argentina. A melhor carne da viagem mas, ainda assim, sou mais o churrasco do namorado!!!




E é isso gente!! Quinta não vai ganhar post porque não teve muitas atividades! Foi dia de fechar mala, dar uma última volta pela Avenida nove de julho, tomar a última Quilmes e ir pro aeroporto!

Ainda vale dizer que o nosso hotel tinha um transporte credenciado para levar para o aeroporto que custava 120 pesos. Fomos por ele e achamos bem legal! Preço razoável, seguro e motorista super gente boa!!

Espero que vocês tenham gostado desse diário de bordo tanto quanto eu gostei de escrever!! Foi muito divertido e, espero eu, útil! Quisera eu poder viajar bem muito para fazer vários desses diários! hahhahahahaha

Não se preocupem..ainda vai rolar post com as compras e falando um pouco do free shop. Além, é claro, de outras dicas que precisam ser passadas!!!

beijos
Leia Mais...

Diário de Bordo - Buenos Aires - Terça feira


Viagens

Terça Feira foi um dia bem agitado!! Decidimos visitar os bairros de Recoleta e Palermo. Para mim, ver esses bairros separadamente foi a melhor decisão! Eles tem muita coisa para explorar!!

Pegamos o metro e descemos direto na Plaza Italia, quase em frente ao zoológico. 


Super gostei do zoológico..não é gigante mas tem vários bichos legais! e o ambiente é super legal!! pagamos 27 pesos cada e pudemos ver todo o parque, menos o show dos leões marinhos!

De lá, seguimos para o Jardim japonês, que também é bem perto! Dá para ir andando tranquilo hein??



O jardim é lindoooooo!!! Dá uma paz tão grande gente!! Não é muito grande, então dá para andar tranquila, apreciando a paisagem! Esqueci quanto a gente pagou para entrar....acho que foram 12 pesos..Tem um restaurante lá dentro que tem de tudo, inclusive sushi. Mas só recomendo se você estiver disposta a gastar uns bons pesos ou o vicio for incontrolável...achei meio caro..e pra quem vai para rodizio de sushi, como eu, ia precisar de uns três pratos de sushi de lá para alimentar! #gordinhafeelings.

Ainda fomos ao planetário mas o danado estava fechado para reformas...valeu para tirar uma foto! hehhehe


Cansados que estávamos de andar, pegamos um táxi rumo ao Cemitério da Recoleta. O taxista nos deixou numa ruazinha cheia de restaurantes e decidimos procurar um lugarzinho para comer. O escolhido foi o restaurante Lola. Para mim, o melhor almoço da viagem!!!

Escolhemos o menu fechado: por 95 pesos (R$ 50,00 gente!) podiamos comer entrada, prato principal e sobremesa (cada uma tinha três opções para escolher). Além disso, tinhamos direito a uma garrafa de água ou uma garrafa de refrigerante para cada. E não acaba por ai! Como éramos nós dois, também tivemos direito à uma garrafa de vinho tinto ou Branco!!


Resultado?? Fui toda alegrinha pro Cemitério! hahahhahahaha (sim, sou fraca pro vinho).


Gente...de boa...a última coisa que os mortos desse cemitério fazem é descansar em paz. Muito esquisito ver tanta gente turistando em um cemitério...até mórbido, eu diria..não posso me tirar do grupo, é verdade. Entrei, catei o túmulo de Evita (dos mais feios e pobres, por sinal) que eu só achei pela quantidade de gente indo na mesma direção, já que o túmulo, na verdade, é da Familia Duarte, tirei uma foto e sai...e, honestamente?? acho que dá para passar sem...tira uma foto na frente e vai passear no Buenos Aires Design que é do lado...mas se você for São Tomé, que nem eu, e tem que ir lá pra dizer que não vale a pena, separe 5min do seu tempo!

Seguindo a caminhada, fomos na Faculdade de Direito e na Floralis generica!

A Faculdade de Direito eu nem vou falar tá?? Coisa de advogados...Mas a Floralis Generica, nossa, muito linda!!


Não tive a chance de ver, mas ela fecha à noite!! No dia que eu passei, umas 20h00, ela ainda estava aberta (sim...nunca comentei mas, agora no verão, só começa a anoitecer em Buenos Aires às 20h00 hein).
Fora que o Parque das Nações Unidas, onde fica a Floralis, é belissimo!! Buenos Aires parece muito com a Europa neste sentido: muitos parques e monumentos pelo caminho!!

Dai fomos pro hotel descansar porque a noite iamos pro Cassino em Puerto Madero!!!


Vocês não tem idéia do quão gigante esse Cassino é!! Não posso comparar com Las Vegas, nunca fui. Mas achei bem interessante a história. Na Argentina, o jogo é liberado mas em Buenos Aires, especificamente, não. Sendo assim, o Cassino em si fica em uma espécie de navio, fora do território!

Até queria me aventurar nas máquinas caça niqueis, só pra ver qual é..mas não consegui passar 15min dentro daquelas salas entupidas de gente (sim..o povo lá joga muuuito) e de fumaça! Curti não...não tem nenhuma foto porque não é permitido fotografar lá dentro..

Desistimos dos jogos e fomos bebericar algo no Resto Bar do Cassino..


Achei que essa bebida combinava com o ambiente!!! Ah sim..pra entrar no Cassino é de graça tá?

Pegamos um táxi e fomos pro Puerto madero que, por sinal, vale demais a visita a noite hein??


Como já disse antes, o Puerto Madero é uma ótima opção quando você não tem idéia de onde comer! Lá eles concentram todo tipo de restaurante e com todo tipo de preço...basta ter paciência de andar, perguntar...mas também vale já ir com uma in formação né? Foi o nosso caso...Tanto a minha mãe quanto um casal de amigos nos indicaram o Bice, um restaurante italiano formidável!!


Agora um aviso aos navegantes: a comida é de comer rezando mas o precinho...não é muy amigo! Mas olha, juro por tudo, vale o sacrifício! meu nhoque ao molho sugo na trouxa de queijo parmesão estava um negócio de bom! E as mini fatias de pizza que eles servem foram as melhores que comi, sem exagero.

para terminar, uma vista da Casa Rosada, ainda mais rosada, na volta pro hotel!


Beijooosssss

Serviço:
Zoo de Buenos Aires: Av. Sarmiento y Las Heras / www.zoobuenosaires.com.ar
Jardim Japonês: Av. Figueroa Alcorta y Av. Casares / www.jardinjapones.org.ar
Planetário: Av. Sarmiento y Belisario Roldan / www.planetario.gov.ar
Restaurante Lola: Guido y Junin / www.lolarestaurant.com
Cemitério da Recoleta: Junin 1760
Floralis Generica: Av. Figueroa Alcorta
Cassino de Buenos Aires: Elvira Rawson de Dellepiane s/n Dársena Sur Puerto de Buenos Aires / www.casinopuertomadero.com.ar
Restaurante Bice: Av. Alicia Moreau de Justo 192
Leia Mais...

Diário de Bordo - Buenos Aires - Segunda feira


Viagens

Segunda é dia de compras!!!!

decidimos bater perna nos outlets da vida na segunda porque a maioria das coisas que queríamos visitar fecha neste dia..mas loja não fecha né?? hahahhahahahahaha

Existem alguns outlets mais afastados da cidade. O mais conhecido é o Unicenter. Existem vans que organizam idas para lá mas, devido ao pouco tempo que tinhamos, decidimos ficar por perto mesmo.

Mas, antes disso, fomos tomar café da manhã no Café Tortoni.



O Café ficava na rua atrás do nosso hotel e, todas às vezes que tentávamos ir lá, tinha uma fila razoável de turistas querendo entrar...começamos a reparar que o único horário que não tinha fila, era na parte da manhã. Por isso, fomos tomar o café lá. O ambiente é lindo, mas a comida nem é tão boa...mas ele é o café mais antigo de Buenos Aires! Pela decoração, história e tradição, recomendo à visita! Peça um suco de laranja ou um submarino (leite quente com uma barra de chocolate) e seja feliz!




Começamos nosso tour de compras pela Calle Florida, por ser perto do hotel. Esta rua deve ser a mais conhecida e falada de Buenos Aires para compras. Ela é fechada apenas para andar a pé, o que facilita muito a vida. Lá você irá encontrar um mix de lojas argentinas e internacionais.Eu diria que os preços são normais, nem caro nem barato...em verdade, poucas coisas em Buenos Aires me chamou atenção pela diferença de preço...a maioria deles são muito parecidos com os praticados no Brasil.

Dicas de lojas na Calle Florida: 
1) Lacoste: aqui não é o outlet da loja.Mesmo assim, você encontra tênis pelo equivalente à 100 reais e blusas por 120 reais. Compensa e muito o preço brasileiro.
2) Todomoda: com, praticamente, uma loja em cada esquina, esta é a loja dos acessórios bonitinhos, fofinhos e teens...ideal para catar um presente pra sua filha, prima, irmã mais nova...os esmaltes de lá também são bem legais!
3) Isadora: dizem que esta é a melhor loja de acessórios de Buenos Aires. Não tenho como comparar mas gostei um bocado das bijus e lenços de lá (as argentinas usam muito lenço). Vale dar uma passada e trazer um brinco para casa!

Ainda na Calle Florida, você encontra a Falabella e a Farmacity. A Falabella é a loja de departamentos mais chique de Buenos Aires. Lá você encontrará o que há de melhor...mas eu só recomendo a visita. Achei tudo muito caro...uma sombra da MAC lá custa 69 reais..cade a vantagem?? entre lá, olhe, se deslumbre, cate algo que caiba no seu bolso se quiser dizer que comprou algo na Falabella e saia rapidinho! hehhehehehe.
Já a Farmacity é o paraiso da make mais básica. Com corners da L´oreal, Revlon, Maybelline (muitissimo mais completo que qualquer corner da maybelline que você tenha visto por aqui), Rimmel London (que você não encontra por aqui...)e uma marca própria da farmácia, você pode se divertir horrores e pagando um preço justo. Lá também vende produtos da Roc, la roche posay, Vichy...os preços são mais baratos, mas nem tanto...a diferença gira em torno de uns 20 reais...se for comprar muita coisa, acredito que vale a pena..se não, se joga nos descontos dominicais da Big Ben..

De lá seguimos para a Galeria Pacífico...



A galeria é linda linda linda, como vocês podem ver na foto! Lá também é uma mistura de lojas chiquérrimas, como Dior e marcas argentinas, como a Rapsódia, que eu recomendo muito!! As roupas são lindas!

Dicas de lojas na Galeria Pacifico:
1) Bobbi Brown: precisa nem dizer porque né?? única loja da marca que eu encontrei por lá...me arrependi de não ter deixado uns pesos por lá...=/
2) Vz: loja argentina tipo a Empório Body Store. Uma delicia ficar por lá sentindo o cheiro dos mil e um produtos.
3) Morph: essa também tem no Buenos Aires design (shopping que tem o Hard Rock Cafe). É uma mistura de Tok Stok e Imaginarium, digna de passar horas lá dentro catando as tranqueiras.

Recomendo que você almoce pela Galeria, se você for seguir nosso roteiro de compras! Uma curiosidade: nos shoppings de lá tu do é descartável, até os talheres...agora imagina o inferno que é comer uma carne com talher de plástico? alguns restaurantes te emprestam os talheres de verdade mediante pagamento de caução...louco isso né??

De lá, pegamos o metrô e fomos para o trecho entre a Gurruchaga e a Av. Aguirre. Lá estão localizados os outlets da Puma, Lacoste e tantos outros...é muito outlet gente! Sério...boa parte deles de marcas argentinas que eu até acho que vale dar uma olhada viu??? Tem umas lojas de sapatos por lá que são bem boas, apesar de, em sua maioria, eu ter detestado os sapatos argentinos.

Sobre o outlet da Lacoste, só posso dizer uma coisa: bagunça. Esse é o melhor termo para a loja. Milhares de coisas amontoadas e gente saindo pelo ladrao achando que tá na feira...não sei se foi o dia que eu fui, não sei se é sempre assim...mas eu fiquei bem agoniada lá...e, segundo o boy, tinha muita coisa com cara de falsificada...hahhahahahahahahha...mas ai já não posso opinar...

O da Puma eu amei! Diferente da Lacoste, aqui tava tudo arrumadinho nas suas araras, ótimo pra você catar modelo e tamanho...comprei uma bolsa lá, dessas grandes sabe? por 120 reais!!

Depois de muito bater perna por ai, seguimos para o trecho entre a Avenida Córdoba e a Scalabrini Ortiz, onde ficam os outlets da Nike, Adidas, Fila, Levi´s...não gostei de nada mas, confesso, acho que muito disso se devia ao cansaço que estava sentido...meu tênis guerreiro não gostou da andada e me fez um calo péssimo no calcanhar...então, no dia das compras, vá de chinelo mesmo..muito melhor. Mesmo assim, posso falar que o outlet da Adidas é bem organizado e cheio de coisas..só não sei falar sobre a variedade de tamanhos. O da Nike o namorado gostou também, mas não achou essas pechinchas todas não...mas vá lá conferir com seus próprios olhos!

Voltamos pro hotel para descansar porque a noite iamos pro Señor Tango, uma das mais conhecidas casas de show de Tango de Buenos Aires.


Você pode escolher ver só o show ou o show + jantar. Ficamos só com o show porque muita gente que já foi antes não gostou da comida de lá..também porque a diferença de um para outro era muito grande...enquanto o jantar + show era 400 pesos por pessoa, só o show caia para 125 pesos. Achamos muito caro...com essa diferença dava para jantar em um lugar bem mais legal né??


O ambiente é muito bonito, o show de tirar o fõlego e a coca cola, a mais cara da minha vida!!! Gente, pagamos 15 reais em uma garrafa de 500ml, dá pra acreditar??? mas faz parte!!! O show começo às 22:30 e   só terminou às 00:00. Quando chegamos no hotel era quase 01h00. Cadê a coragem pra sair pra comer?? Terminamos a noite jantando umas empanadas mesmo, no quarto do hotel!!

Dica: O Senor Tango disponibiliza uma van que pega e traz você de volta pro hotel. O valor é de 20 pesos por pessoa e eu recomendo muitissimo. Primeiro, pela comodidade de você não ter que pedir táxi e tal; Segundo, por ser altamente confiável; E, por fim, o Senor Tango fica em um bairro chamado Barrancas, mais afastado e meio deserto à noite..pelo que eu pude sentir, você iria pagar mais caro se fosse de táxi e ainda iria correr o risco de ficar esperando horas por um. Além do que, é uma ótima oportunidade de conhecer gente nova! Na van da gente só tinha brasileiro! A própria recepção do hotel liga e agenda com eles!

Beijos

Serviço:
Café Tortoni: Avenida de mayo, 825 / www.cafetortoni.com.ar
Falabella: Florida, 343 /  www.falabella.com.ar
Galerias Pacifico: Florida y Avenida Córdoba / www.progaleriaspacifico.com.ar
Señor Tango: Vieytes 1655, Barracas, capital Federal / www.senortango.com.ar
Leia Mais...

Diário de Bordo - Buenos Aires - Domingo


Viagens

Primeiro conselho do post: se você estiver indo para Buenos Aires, organize os dias de maneira que você tenha um domingo por lá!! 

Explicarei...

Domingo é o dia ideal para você ir em dois bairros clássicos de Buenos Aires: San Telmo e La Boca. Esse é o dia da feirinha de San Telmo e, como é perto de La Boca, o povo emenda para visitar o Caminito e o estádio do Boca Juniors.

La Boca não é um dos bairros mais seguros de Buenos Aires...por isso eu continuo recomendando ir por lá dia de domingo, que é quando está cheio de turistas e artistas de rua...tem muito policiamento e tal mas é melhor não dar sopa pro azar né???

Pensando nisso, fomos direto para o Caminito, de táxi, logo pela manhã. Foi a melhor opção!! Quando chegamos lá, estava cheia de gente e artistas bem legais de ver!



Tudo em Caminito é lindo! Eu fiquei apaixonada!! Tudo coloridinho e respirando arte!!


A melhor foto ever! hahhahahahhahahaha...tem dois paineis desses lá no meio da rua e por 10 pesos a mulher tira umas dez fotos! hahahhahahahahaha. Fora os dançarinos de tango (de verdade..nao esses falsos da foto) e muitos pintores com quadrinhos lindos que, com certeza, é um bom souvenir para aquela pessoa que você conhece que adora objeto de decoração ou esteja de mudança....

De lá seguimos para o estádio do Boca Juniors. Menos de 3 quadras andando e você já está por lá!! Tinha até uma certa curiosidade de conhecer o estádio, mas coloquei ele no roteiro para agradar o namorado...e não me arrependi!!!


Sério...se você gostar, nem que seja um pouquinho, de futebol, não deixe de ir lá!! O tour pelo estádio é muito massa e os guias super engraçados! Além do que, eles conhecem muito de futebol, principalmente o brasileiro!!! A entrada no museu + tour de 1h custa 40 pesos e você vai em todas as dependências do estádio, até os vestiários!


Essa ai é só para os loucos por futebol mesmo! Por mais 40 pesos você tira uma foto com a taça da Libertadores! hahhahahahaha. Lógico que fomos tirar a foto mostrando o querido Sport Clube do Recife né?? Principalmente depois que descobrimos que eles mantém uma bandeira do Sport lá no estádio para disponibilizar para fotos! #timecommoral

De lá pegamos um táxi e fomos, finalmente, para a feirinha de San Telmo.A feira em si só vale a pena se você gostar de antiguidades. Mas continuo achando que é legal ir por lá porque o burburinho e movimento é bem grande!!

Almoçamos num dos restaurantes de lá mas, de boa, nem curti muito...uma pena que eu esqueci o nome do restaurante! Mas a comida era boa...eu que escolhi errado! Se vocês entrarem em algum lugar lá que tenha Ravioli de Salmão, pula fora! hehehhehehe

e a sobremesa???


Sem reparar na cara de mamona, vocês não podem deixar de tomar o tradicional sorvete Freddo! Gente, é uma delicia!! O mais conhecido (e indicado) é o de doce de leite e eu tenho que concordar: até eu que não curto doce de leite, me rendi ao sabor do sorvete! Porém, se você não curte doce de leite ou, simplesmente, quer variar o sabor, indico os de frutas do bosque, morango, chocolate e creme americano! Todos deliciosos!!

Dica: esse cone mínimo, com uma bola de sorvete só, custa 15 pesos. Depois, eu descobri que eles tem um negócio chamado Special Flavours (ou coisa parecida...o special eu garanto!), que reúne os quatro sabores clássicos da Freddo ( doce de leite, chocolate, creme americano e morango) em um pote de 250g por 14 pesos!! Muito mais vantagem! 

À noite, decidimos jantar perto do hotel, na avenida Corrientes. Esta avenida é tipo a Broadway de Buenos Aires. Cheia de teatros e com uns restaurantes bem legais! Comemos uma pizza de mussarela + 1 litro de refrigerante por 35 pesos (menos de 20 reais gente!). Mas, infelizmente, esqueci o nome do local...é a primeira pizzaria do lado esquerdo..as promoções estão coladas no vidro! hehehhehhehe

É isso...até a próxima!!

Beijos 
Leia Mais...

Diário de Bordo - Buenos Aires - Sábado


Viagens

Primeiro dia na cidade, para mim, é dia de City Tour!

Muita gente pode achar chato, desnecessário, mas eu explico: pra mim, é uma ótima maneira de você se situar na cidade, ver a distância dos pontos turísticos, ter uma vista panorâmica mesmo! Mas, quando eu disse ao namorado que iríamos fazer um, a primeira coisa que ele disse foi "não quero ir não..é muito chato passar 2h dentro de um ônibus sem tirar nem uma foto direito". E ele estava certo...isso é mesmo muito chato!

Pensando nisso e baseada nas minhas experiências anteriores, fui atrás de um city tour no sistema "Hip on Hip Off". Para quem não conhece, é uma espécie de city tour com paradas pré determinadas e que você pode descer e ficar naquele local o tempo que quiser. Para nossa sorte, encontrei o Buenos Aires Bus, que funciona exatamente desse jeito!!!



O ônibus tem 12 paradas que cobrem toda a cidade, incluindo ai a Reserva ecológica, La boca, San Telmo...
O primeiro sai as 9h da Parada 0, localizada na Rua Florida e o último as 17h30. A partir dai, você pode descer na parada que você quiser, com as atrações turisticas que te interessam e decidir quanto tempo você quer passar lá...cada parada tem uma tabela de horários e os ônibus costumam passar de 20 em 20 minutos.
Acho esse tipo de city tour bem vantajoso porque você pode ver várias atrações em um mesmo dia e depois dividir as outras que você quer ver com calma pelos dias que te restam..

Eu e o boy, por exemplo, descemos nas seguintes paradas:

Parada 1: Plaza de Mayo


tinha que ver a casa rosada né???

Também é ai que está a Catedral Metropolitana, onde estão os restos mortais do General San Martin.



Parada 2: Congreso Nacional



como boa jurista, tinha que ter né???

Parada 7: Puerto Madero


É um ótimo local para comer...por isso paramos por lá!!


Esse restaurante é bem famoso e quase que parada obrigatória dos brasileiros...Por 95 pesos por pessoa (entre 45 e 50 reais, dependendo da cotação) você come até cansar, tem direito a uma jarra de refrigerante, cerveja ou uma garrafa de vinho (isso mesmo, 1 litro para cada pessoa..) e sobremesa. Não é ruim mas também não é bom...com toda certeza, não foi o melhor almoço da viagem nem a melhor carne!

Parada 8: Plaza San Martin

Aqui nós paramos porque ou o boy tirava foto na estátua do General San Martin ou tinha um treco!! Mas é bem legal porque também é lá que tem a Torre dos Ingleses.




Dai decidimos voltar para a Parada 0. Tinhamos resolvido não descer em Palermo, San Telmo, La Boca nem Recoleta porque são bairros que merecem ser explorados com mais tempo! 

Mesmo sem descer em algumas paradas, tiramos fotos bem legais de monumentos e praças pelo caminho...por isso eu recomendo que você capriche no protetor solar e vá na parte de cima do ônibus!

O city tour custa 70 pesos (R$35,00) e pode ser comprado pela internet!

À noite fomos para o Hard Rock Café. Escolhi ir lá porque o boy nunca tinha ido em um Hard Rock e eu sou apaixonada pelo hamburguer de lá!

deliciaaaaa

Pagamos 160 pesos (R$ 80,00) por dois hamburguers gigantes com batata frita, duas cervejas, um drink delicioso de vodca absolut raspberry e uma coca cola! E o ambiente vale muuuito a pena!

Serviço:
Buenos Aires Bus: www.busnosairesbus.com
Siga La Vaca: Alicia Moreau de Justo 1714, Puerto Madero / www.sigalavaca.com
Hard Rock Cafe: Av. Pueyrredon y Libertador, Buenos Aires Design, 1119 / www.hardrock.com

Leia Mais...

Diário de Bordo - Buenos Aires - Sexta feira


Viagens

Conforme aceitação geral (risos) vou fazer o diário de bordo da minha viagem! Vou tentar dar dicas boas, mostrar o que eu fiz, mas sem me estender muito, para não ficar cansativo!

Separarei pelos dias e, no final, faço um post só com as compras e com dicas gerais, ok??

O aeroporto internacional de Buenos Aires, mais conhecido como Ezeiza, fica localizado na Província de Buenos Aires, 32Km afastado da Cidade Autônoma de Buenos Aires, nosso destino final. Sendo assim, você precisa de um transporte para sair do aeroporto.

Muita gente fecha com transfers, direto aqui do Brasil. Como eu tava indo com o namorado e a nossa viagem era um meio de caminho entre mochilão e viagem com bom orçamento, decidimos pegar um táxi no próprio aeroporto.

Conselho: se você sair do aeroporto, os taxistas irão te disputar quase que a tapa, e isso não é modo de dizer..não recomendo nem um pouco, até porque, a fama de taxistas mal intencionados no aeroporto já é conhecida...

Lá dentro, perto da sala de desembarque, tem um quiosque giga chamado "Táxi Ezeiza". Vai estar cheio e você terá que esperar uma meia hora pelo seu táxi...mas é confiável porque o preço é fechado e você paga no próprio aeroporto. Pagamos 150 pesos.
Também tem o famoso Manuel Tienda Leon que tem ônibus, táxis e remises saindo de lá. O preço do ônibus ´bem bom, mas tem paradas fixas e, para nós, seria longe do nosso hotel. Os táxis vão no taximetro e os remises (preço fechado, pago no aeroporto) custavam o mesmo preço que pagamos no táxi Ezeiza.

Uma outra questão é a troca de reais por pesos. Não recomendo, de jeito nenhum, que você troque aqui no Brasil. Até você chegar lá, poderá usar os seus reais tranquilamente, inclusive no free shop.

Logo que você desembarcar, perto do free shop, verá uma casa de câmbio chamada Global. Fuja dela!!! A cotação lá é péssima e muita gente acaba trocando lá achando que não terá mais onde fazer isso, mas não é verdade. Quando você estiver passando pelo detector de metais, já verá a placa do Banco de La Nacion. Assim que passar pelo desembarque, do seu lado direito, verá o quiosque de troca. Ele é 24h e você terá as melhores cotações. Para ter uma idéia, o real estava valendo 2,32 pesos no Banco de La Nacion contra 1,91 pesos na Global.


E nunca, em hipótese alguma, deixe pra trocar seu dinheiro na rua. Se você passar pela Florida, por exemplo, irá encontrar muita gente oferecendo câmbio..mas a cotação lá é ruim e você ainda corre um risco gigantesco de pegar notas falsas!!

Agora vamos falar do hotel..
Ficamos hospedados no Gran Hotel Argentino e, apesar do pequeno probleminha que tivemos na chegada (nossa reserva estava lá mas não tinha quarto ai nos mandaram pra outro na rua lateral por uma noite!), fiquei apaixonada pelo hotel!!



Ele é suuuper bem localizado!! Fica na Carlos pellegrini, que é a paralela da Avenida 9 de julho, a principal do centro! Super perto de linha de metro, paradas de ônibus, principais atrações turísticas e táxi à vontade!!

Não se engane com a aparência da fachada do hotel, ele passou por uma reforma interna e esta todo moderno! Os quartos são novos, com ar condicionado, Tv a cabo, cofre, cama gigaaaa, banheira (que eu não tive coragem de usar, lógico) e, pelo menos o meu, com vista para o Obelisco!

O preço disso tudo?? 720 reais, já com todas as taxas inclusas, por 6 noites! Eu achei bem barato viu...pouco mais de 100 reais por um quarto duplo mega bem localizado!! Tá mais que indicado!!

Próximo post começam os passeios!! Vocês gostaram do post?? me digam ai o que está bom e o que não está, o que vocês gostariam de ver mais...

Beijossss




Leia Mais...